Fale conosco pelo WhatsApp

Fundoscopia

Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Conheça mais detalhes sobre esse importante e eficaz exame de imagem do olho

A fundoscopia é também conhecida como exame de fundo de olho, como oftalmoscopia ou ainda mapeamento da retina. Esse procedimento é utilizado por médicos especializados em oftalmologia, com o objetivo de examinar as condições do segmento posterior do olho, das artérias, das veias, dos nervos e da retina. Uma de suas principais funções é detectar a presença de doenças como o glaucoma.

A fundoscopia ocular também tem como missão identificar doenças do nervo óptico e da retina. Durante a realização desse exame médico, o paciente é posicionado em um ambiente com baixa iluminação, para que sua pupila fique estável e sua vista seja dilatada.

Através da lente utilizada, o médico oftalmologista pode observar as estruturas do fundo do olho, tais como o nervo óptico, vasos sanguíneos e região central da retina, também conhecida como mácula.

Entenda o que é a fundoscopia

Como já anteriormente mencionado, a fundoscopia, ou o exame de fundo de olho, é um teste de observação do fundo do olho. Isso significa que esse exame avalia a retina e suas demais estruturas internas. Quando ele é mais amplo, ou seja, inclui a avaliação da periferia da retina, também pode ser nomeado como mapeamento da retina.

Em geral, a fundoscopia acompanha e diagnostica doenças do nervo óptico e da retina, que é uma estrutura localizada na parte posterior do globo ocular. Além isso, o exame de fundo de olho (ou oftalmoscopia) pode auxiliar o médico a compreender aspectos gerais da saúde de seu paciente. Considerado um exame não invasivo, esse teste tem duração de cerca de dez minutos.

Orientações necessárias aos pacientes

Além de saber que o exame dura entre 10 e 20 minutos, aproximadamente, o paciente também precisa estar ciente de outras orientações básicas, tais como a necessidade de ir ao consultório acompanhado, já que terá dificuldades de enxergar e consequentemente de dirigir nos primeiros instantes depois da realização da fundoscopia.

Além disso, existe uma necessidade de dilatação da pupila, e os pacientes que utilizam lentes de contato devem suspender o uso no dia da realização do exame de fundo de imagem.

Tipos de fundoscopia existentes

Existem dois tipos de fundoscopia: a direta e a indireta. Normalmente, a direta pode ser realizada por um clínico geral, e a partir dela pode-se obter uma imagem aumentada em até quinze vezes, mas com um campo de visão da retina um pouco mais restrito.

Já no caso da indireta, esta é mais especializada e precisa ser feita por médico oftalmologista. Esse exame permite uma visualização mais ampla e concreta da retina.

Fontes: 

Sociedade Brasileira de Oftalmologia

Dr. Vinícius Vanzan

Dr. Vinicius Vanzan

Dr. Vinicius Vanzan

Oftalmologista
CRM: 52-96207-4
RQE: 36354


Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mesma instituição em que fez sua especialização, o Dr. Vinicius Vanzan é um oftamologista especializado em retina que oferece atendimento clínico e cirúrgico para as principais alterações que afetam o olho humano.

Oftamologia com toda Tecnologia e Segurança que você merece!

Ligue e agende sua consulta.

(21) 2672-1235